domingo, 1 de dezembro de 2013

1º de Dezembro 2013 - O princípio do começo do fim...



Estou hoje profundamente triste, não é daquelas tristezas imbuídas em revolta que podem até ser factor de motivação, é daquele tipo de tristeza acomodada e melancólica, é aquela consternação do tipo fado, de que é assim, e que não há mais nada a fazer a não ser aceitar, balbuciando de lágrima no olho, paz à sua alma e que a terra lhe seja leve.

Quando um Estado-Nação deixa de comemorar oficialmente a sua soberania e independência, é porque já não sente colectivamente que esses valores são importantes, é o começo do fim de uma nação. Aboliu-se o mais antigo feriado da nação, faz hoje 373 anos da restauração da nossa independência. Qual a data que define um povo com 900 anos de história?

Levem Abril e Maio, levem até o Junho, levem o Outubro, mas devolvam-nos a dignidade e a honra de um povo independente, que se devia comemorar hoje!


0 comentários:

Enviar um comentário